terça-feira, 30 de março de 2010

31 DE MARÇO DE 1869 - DESENCARNAVA ALLAN KARDEC



Há 141 anos desencarnava Allan Kardec. Por isso, colocamos aqui este texto em sua homenagem, escrito pelo espírito Hilário Silva; que está no livro: O Espírito da Verdade; psicografias de: Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira:

Allan Kardec, o Codificador da Doutrina Espírita, naquela triste manhã de abril de 1860, estava exausto, acabrunhado.
Fazia frio.
Muito embora a consolidação da Sociedade Espírita de Paris e a promissora venda de livros, escasseava o dinheiro para a obra gigantesca que os Espíritos Superiores lhe haviam colocado nas mãos.
A pressão aumentava . . .
Missivas (cartas) sarcásticas avolumavam-se à mesa. Quando mais desalentado se mostrava, chega a paciente esposa, Madame Rivail - a doce Gaby -, a entregar-lhe certa encomenda, cuidadosamente apresentada.O professor abriu o embrulho, encontrando uma carta singela. E leu:

"Sr. Allan Kardec;
Respeitoso abraço.
Com a minha gratidão remeto-lhe o livro anexo, bem como a sua história, rogando-lhe, antes de tudo, prosseguir em suas tarefas de esclarecimento da Humanidade, pois tenho fortes razões para isso. Sou encadernador desde a meninice, trabalhando em grande casa desta capital. Há cerca de dois anos casei-me com aquela que se revelou minha companheira ideal. Nossa vida corria normalmente e tudo era alegria e esperança, quando, no início deste ano, de modo inesperado, minha Antoinette partiu desta vida, levada por sorrateira moléstia. Meu desespero foi indescritível e julguei-me condenado ao desamparo extremo. Sem confiança em Deus, sentindo as necessidades do homem do mundo e vivendo com as dúvidas aflitivas de nosso século, resolvera seguir o caminho de tantos outros, ante a fatalidade . . . A prova da separação vencera-me, e eu não passava, agora, de trapo humano. Faltava ao trabalho e meu chefe, reto e ríspido, ameaçava-me com a dispensa.Minhas forças fugiam. Namorara diversas vezes o rio Sena e acabei planejando o suicídio. "Seria fácil, não sei nadar" - pensava. Sucediam-se noites de insônia e dias de angústia. Em madrugada fria, quando as preocupações e o desânimo me dominaram mais fortemente, busquei a Ponte Marie. Olhei em torno, contemplando a corrente . . . E, ao fixar a mão direita para atirar-me, toquei um objeto algo molhado que se deslocou da amurada, caindo-me aos pés. Surpreendido, distingui um livro que o orvalho umedecera. Tomei o volume nas mãos e, procurando a luz mortiça de poste vizinho, pude ler, logo no frontispício (fachada), entre irritado e curioso: "Esta obra salvou-me a vida. Leia-a com atenção e tenha bom proveito. - A.Laurent". Estupefato, li a obra - "O Livro dos Espíritos" - ao qual acrescentei breve mensagem, volume esse que passo às suas mãos abnegadas, autorizando o distinto amigo a fazer dele o que lhe aprouver."Ainda constavam da mensagem agradecimentos finais, a assinatura, a data e o endereço do remetente. O Codificador desempacotou, então, um exemplar de "O Livro dos Espíritos" ricamente encadernado, em cuja capa viu as iniciais do seu pseudônimo e na página do frontispício, levemente manchada, leu com emoção não somente a observação a que o missivista se referira, mas também outra, em letra firme: "Salvou-me também. Deus abençoe as almas que cooperaram em sua publicação. - Joseph Perrier."
Após a leitura da carta providencial, o Professor Rivail experimentou nova luz a banhá-lo por dentro . . . Conchegando o livro ao peito, raciocinava, não mais em termos de desânimo ou sofrimento, mas sim na pauta de radiosa esperança. Era preciso continuar, desculpar as injúrias, abraçar o sacrifício e desconhecer as pedradas . . . Diante de seu espírito turbilhonava o mundo necessitado de renovação e consolo. Allan Kardec levantou-se da velha poltrona, abriu a janela à sua frente, contemplando a via pública, onde passavam operários e mulheres do povo, crianças e velhinhos . . . O notável obreiro da Grande Revelação respirou a longos haustos, e, antes de retomar a caneta para o serviço costumeiro, levou o lenço aos olhos e limpou uma lágrima . . .

Em 31 de março de 1869, desencarnava Hippolyte Léon Denizard Rivail, cujo pseudônimo era Allan Kardec. E a melhor homenagem para honrar-lhe a memória, é que, procuremos nos aperfeiçoar e servir, para que todos reconheçam no Espiritismo a doutrina capaz de modificar o homem para melhor e influir benéfica e poderosamente na sociedade.

Leia Kardec para entender os ensinamentos de Jesus.

sábado, 27 de março de 2010

"QUEM NUNCA ERROU?" - perguntou o pastor em defesa dos Nardoni


Adenildo chegou ao fórum por volta do meio-dia. Com um evangelho na mão, iniciou sua pregação. "Quem nunca errou? Apontem aqui quem nunca cometeu um erro na vida. Pode ter até algum ladrão aqui nessa multidão pedindo justiça."No início, os manifestantes apenas observavam espantados a coragem do pastor de defender o casal, mas aos poucos passaram do espanto para hostilidade e agressões físicas.Ster Silvano Filante, que trabalha como acompanhante de idosos, mas está na porta do fórum desde segunda-feira, grudou com as duas mãos na lapela do terno do pastor e passou a ameaçá-lo. O gesto dela desencadeou uma onda de agressões por parte de outros manifestantes. O carroceiro Evanderson dos Santos jogou um copo de água em Adenildo.Uma turma de cerca de 20 pessoas começou a empurrá-lo e persegui-lo para longe do fórum. A polícia demorou agir e, quando chegou ao local, se limitou a tentar tirar Adenildo daquela situação. Em momento algum tomou qualquer atitude contra os agressores – a exemplo do que já tinha feito com advogado e o operador de telemarketing. As hostilidades só pararam quando o pastor foi levado para dentro do quartel da PM que fica atrás do fórum"Eu não queria agredir. Só queria que ele me ouvisse, mas ele se recusava a me ouvir", justificou Ster. "Esse cara vem aqui dizer que Deus perdoa, ninguém aqui quer o perdão de Deus. A gente quer cadeia para os assassinos. Para mim, ele deve ter recebido alguma coisa dos Nardoni", acusou Evanderson.Além de pedir a punição do casal Nardoni, os manifestantes aproveitam o julgamento para defender causas como redução da maioridade penal, adoção da prisão perpétua e a pena de morte.

PERGUNTEMOS: "SE ESTE FATO TIVESSE ACONTECIDO EM NOSSA FAMÍLIA, DE QUE LADO ESTARÍAMOS?" "ESTARÍAMOS NA PORTA DO TRIBUNAL AJUDANDO O POVO ENFURECIDO A GRITAR PARA CONDENAR NOSSO ENTE QUERIDO OU BUSCANDO O MELHOR ADVOGADO PARA LIVRÁ-LO?" ENTÃO, AQUELE PEDIDO DE JESUS AINDA ESTÁ ATUAL: "NÃO FAÇAMOS AOS OUTROS O QUE NÃO QUEREMOS QUE OS OUTROS NOS FAÇAM." NOS COLOQUEMOS NO LUGAR DA MÃE DE ISABELLA, MAS LEMBREMOS DAS MÃES DE ALEXANDRE NARDONE E ANA CAROLINA JATOBÁ. SEREMOS MAIS ÚTEIS SE ORARMOS POR TODOS ELES. É UMA ATITUDE MAIS CRISTÃ. DEIXEMOS O RESTANTE A QUEM COMPETE RESOLVER........

sexta-feira, 26 de março de 2010

"AS PORTAS DA IGREJA ESTÃO FECHADAS PARA CHICO XAVIER."


Os conflitos com a igreja que o médium Chico Xavier teve ao longo de sua trajetória não acabaram, a produção do filme "Chico Xavier" foi impedida de filmar dentro de um templo no interior de Minas Gerais, onde ele nasceu. “As portas da igreja estão fechadas para Chico Xavier”, teria dito um sacerdote à equipe, segundo lembrou o diretor. A solução foi construir o cenário em estúdio.



OBS.: Chico Xavier acolheu com todo amor mães, pais, filhos, irmãos com cartas consoladoras, alimentos, remédios, dinheiro sem perguntar que religião seguiam e sem impor que elas se tornassem espíritas! Pessoas como Chico Xavier são os legítimos "representantes de Deus na Terra". Apesar do comportamento pouco cristão desse sacerdote, lembramos aqui uma frase de Chico à Igreja Católica: "...À Igreja Católica dedico o meu respeito, sem compartilhar-lhe da militância, na atualidade."

domingo, 21 de março de 2010

NOVELA MOSTRA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL COM SÊMEN DE UM DESENCARNADO


A novela “Escrito nas Estrelas”, da Rede Globo, escrita por Elizabeth Jhin, aborda o espiritismo e a inseminação artificial com sêmen de um falecido.
Extremamente abalado com a perda do filho Daniel (Jayme Matarazzo), Ricardo (Humberto Martins) descobre que ele havia congelado o próprio sêmen antes de morrer para um estudo e decide gerar um neto, na esperança de ter de volta um sorriso ou um olhar como o de Daniel. Começa, então, uma busca incansável do especialista pela “mulher ideal”, digna de ser inseminada para tornar-se mãe de seu neto.



OBS.: A CIÊNCIA MOSTRA A POSSIBILIDADE DE FAZER A INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL COM O SÊMEN DE UM "MORTO". MAS, SEGUNDO O ESPIRITISMO, O BEBÊ PODERÁ NASCER (OU NÃO) COM CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO "MORTO", MAS O ESPÍRITO QUE IRÁ SE VINCULAR AO CORPO FÍSICO DAQUELE BEBÊ, NEM SEMPRE SERÁ A VOLTA, O RETORNO, A REENCARNAÇÃO DO DONO DO SÊMEN.

quinta-feira, 18 de março de 2010

EX PADRE SE DIZ ESPÍRITA E INDIGNA CATÓLICOS EM TERESINA

Padre Toni Batista e Miguel Fernandes

O ex-padre Miguel Fernandes Martins causou indignação ao padre Tony Batista, da Paróquia de Fátima, em Teresina. Procedente de Brasília, Martins vem a Teresina com frequência, segundo ele, para fazer atendimentos espirituais. O ex-padre é recebido por membros da Fundação Espírita Bezerra de Menezes.
Ele foi colocado para fora da Igreja Católica sob acusação de praticar mistificação com os fieis ao supostamente simular incorporação de espíritos para fazer curas
milagrosas. Miguel Fernandes Martins diz receber o espírito do frei Fabiano de Cristo. O ex-padre é crítico da Igreja Católica, que chama de arcaica.
Ele acusa
padres e bispos de revelarem segredos obtidos em confissões. Afirma também que a Igreja cobra R$ 40 mil para fazer anulação de casamentos. Ele apareceu em emissoras de tevê da capital fazendo premonições e dando conselhos aos telespectadores. Ele cobra R$ 7 por consulta.
Padre Tony Batista discorda. Entende que ele não tem a capacidade anunciada. Afirma também que ele, se fosse padre mesmo, deveria se apresentar ao pároco local. “A doutrina cristã não tem nenhuma compatibilidade com o espiritismo. Nós convivemos e nos amamos, mas a doutrina é incompatível.”
O pároco de Fátima contesta afirmações de que segredos de confissões estariam sendo revelados. “Isso é algo sagrado para nós, sacerdotes.” Tony Batista não acredita no espiritismo. Ele também não acredita que Miguel Fernandes seja capaz de fazer
milagres.
REPÓRTER - Toni Rodrigues
OBS.: A afirmação do padre Tony Batista foi bastante infeliz e demonstra total ignorância no que diz respeito ao Espiritismo. Porque o Espiritismo é sim uma doutrina cristã, já que nossa conduta tem como base o Evangelho do Cristo. E o amor independe de rótulo religioso. Nem todo católico tem conduta cristã, assim como nem todo espírita. Estamos todos buscando seguir o Cristo, mas nem todos conseguem. Por isso, "não julgueis para não serdes julgados."
Assista os videos e veja que a igreja católica admite a comunicação com os "mortos".

CÉLULAS TRONCO - Dra. Marlene Nobre

quarta-feira, 17 de março de 2010

POR QUE NO BRASIL SE CONFUNDE ESPIRITISMO COM CULTOS AFRICANISTAS, COM TERREIROS E COISAS ASSIM?

CENTRO ESPÍRITA

CENTRO DE UMBANDA














Por que no Brasil se confunde Espiritismo com cultos africanistas, com terreiros e coisas assim?
Raul Teixeira responde: Isso se deve ao fato de termos um grande contingente de pessoas que desconhecem o que seja o Espiritismo e que não se interessam, nem desejam saber o que realmente ele é. Muitos espalham informações sobre o Espiritismo de acordo com o que supõem que seja, demonstrando grande dose de leviandade ou de má intenção. Ainda que o Espiritismo e, por sua vez, os espíritas, não tenham nada contra as práticas e crenças africanistas, é importante que cada coisa esteja no seu lugar, facilitando até a busca e o enquadramento das criaturas que estão procurando novas propostas de vida. Somente por meio das leituras sérias e dos estudos metódicos se conseguirá desfazer a confusão que gera tantos mal entendidos entre os espiritualistas.
(Do livro: Ante o vigor do Espiritismo)

O Espiritismo é uma doutrina sem sacerdotes, sem dogmas, sem rituais, não adota em suas reuniões e em suas práticas qualquer tipo de paramentos ou vestes especiais (as vestes brancas devem ser as que nos cobrem o espírito e o nosso perispírito); não utilizamos sal grosso, plantas, amuletos, etc. (porque o nosso coração é nosso escudo, quando nele mora o amor); não adotamos cálice com vinho ou bebidas alcoólica (os espíritas não devem alimentar o vício do álcool nem do fumo, porque precisamos estar lúcidos para apreciar a beleza da vida); não utilizamos incenso, mirra, velas (porque são coisas materiais e nós usamos a prece para nos sustentar o espírito); não temos altares, imagens, andores, procissões, pagamento pelos trabalhos espirituais, talismãs, sacrifício animal, santinhos, administração de indulgências, confecção de horóscopos, exercício da cartomancia, quiromancia, astrologia, numerologia, cromoterapia, pagamento de promessas, despachos, riscos de cruzes e pontos, não temos curas espirituais com cortes, orações milagrosas para resolver problemas sentimentais, financeiros, etc.

terça-feira, 16 de março de 2010

O ESPIRITISMO E OS ESPÍRITAS



No livro de autoria de Romeu Grisi e Gerson Sestini, intitulado INESQUECÍVEL CHICO, editado pelo GEEM (www.geem.org.br) encontramos uma observação deixada pelo saudoso médium na página 111, que pedimos a todos atenção nas palavras:

AVALIAÇÃO DOS CENTROS ESPÍRITAS"

"Nosso amigo Lopes, hoje na espiritualidade, certa feita perguntou ao médium:
- Chico, como podemos saber se um centro vai bem?
Ele pensou um pouco, olhou os circunstantes e disse-lhe:
-Eu vou lembrar uma coisa bem simples a você; após uma reunião, quando o centro se esvazia logo, é sinal de que não vai bem.
Se o grupo é coeso e ligado à Espiritualidade, existe um desejo, uma satisfação de permanecer no local. Essa satisfação íntima é elemento útil para que todos voltem a reunir-se para os novos trabalhos do centro. Então, ele vai bem. O irmão compreendeu?
-Entendi perfeitamente, Chico.
E esboçando um sorriso enigmático:
-Sua resposta não podia ser mais clara....



Estato Parotes/ AEPC/SP

domingo, 7 de março de 2010

REENCARNAÇÃO NA TURMA DA MÔNICA



Mauricio de Sousa aborda o tema da reencarnação nos quadrinhos da Turma da Mônica com o humor que nos habituou ao longo dos anos.
Para ler clique aqui e navegue pelos vários capítulos.

"SÓ O BEM PREVALECE" - Momento Espírita"

"PODER E VAIDADE" - Momento Espírita

ORAÇÃO NOSSA